quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Poema para Irene

Dois anos without e um poema para Irene
carmen l fossari
8 janeiro 2015


Primeira despedida e ficamos à deriva 
Um alto mar ,tempestade doendo nas entranhas
Silêncio!
A segunda despedida se repete em muitas
Incontáveis
Repletas de presenças na ausência
Inconteste,
Recordações ,frases sábias
A. terceira despedida é a de
Seguir sua estrada,sabendo ser outro
O caminho,
Talvez o mesmo olhar
Destes de não lamuriar
E vislumbrar em cada dia
O amanhecer.
Tatear novas rotas
Oceanar
Escancarar o coração.
E nadamos assim da sua ausência férrea
Ao amor delicado que ficou.


( poema para Irene Belli Fossai meine liben mutter )

Nenhum comentário: