quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013


Pétalas



Carmen Lúcia Fossari



A flor na mão,

Despetalou , como se fosse um oráculo,

Perguntou: Bem me quer?

Retirou outra pétala: Mal me quer?

Olhou a flor e se apiedou dela...

Nada mais perguntou .

O perfume suave e a cor laranja da gérbera

Texturizaram o amanhecer.

Na quietude,

A música em pétalas musicais esvoaçou o novo dia.

7/02/2013

Nenhum comentário: