terça-feira, 30 de junho de 2009

Amanhecendo em Primavera



Ilustração pintor ROMERO BRITO

Amanhecendo em Primavera

Amanhecendo em Primavera
Carmen L.Fossari
Andei a passos curtos
De retorno ao atalho
Que na noite de frio atravessei
Cruzando o rio das turbulentas
Águas dançando círculos
Nas tormentas da incompreensão.
Dançavam os ventos
Celebrando o frio
Como a lamina mais afiada
Do tempo findo rasgando minha entranha
Vivi entreaberta , a olhar o sol
Que aclarava a correnteza
Que na noite submergia
Costurava no amanhecer
Parte d.eus à seguir
Que a vida não espera
Em se cumprir
Num volteio
Ao caminho breve
Parada lancei de novo
O olhar ao meu entorno
Vi reverdecer em flores
Lado a lado do caminho
Que atravesso
A alegria duelando com o tempo
Espiando o vento enfurecido
E dele fugindo saltitante
A abrigar-se entre o sol
E as nuvens tão branquinhas
Todas elas , com o eu
Retornando do errante caminhar
Aos passos de abraçar
A mais bela primavera
Amanhecendo dentro do meu ser.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

JUNHO( dia de SÃO JOÃO.VIVA SÃO JOÃO)



JUNHO



Carmenlúcia Fossari




Se a vida fosse uma quadrilha
Viveria de roupas rodadas
Seria sempre frio
Os cabelos em tranças e laços
Seria apenas menina
Passando por entre caminhos
De outros braços erguidos
Voltearia, pulava
O caminho das pedras
E o simples erguer os braços
Protegeriam-me da chuva
Que era de mentirinha
Depois em roda mandala
Em torno do fogo
Fogueira
Ficava assim em hipnose
A ver crepitar a lenha
Depois olhava pro céu
E junto às estrelas meus olhos
Fitavam os balões coloridos
Que os santos do mês de Junho
Antonio, João e Pedro,
São no coração do povo
Festeiros e festejados
São promessa e esperança
São bênçãos da terra e do mar
Dos corações a vislumbrarem
Tantos caminhos
Do coração em amor
Do mar, a rede repleta
Da quadrilha, o caminho da roça
E em tantos caminhares, aos
Santos que tornam Junho
Mês de festa e quadrilhas
Ficaria eu a dançar
A vida como uma quadrilha
Mas ao findar a dança
A quadrilha a desfazer-se
Tendo crescido da infância
Ao menos uma dança tão breve
Que estripulias almejo
Nas festas de São João
Vou aos fogos de artifício
E a magia que ainda perdura
Ilumina a noite fria
Nos fogos de artifício
Que explodem em meu coração

MMVII, ILHA, 30 Junho

terça-feira, 16 de junho de 2009

PREMIO SELO LEMINISCATA


Recebi ATRAVÉS DO BLOG DE MEU AMIGO CANTOR ,
http://antmoreiradasilva.blogspot.com/

"O selo deste prémio foi criado a pensar
nos blogues que demonstram talento,
seja nas artes, nas letras, nas ciências, na poesia
ou em qualquer outra área
e que, com isso, enriquecem a blogosfera e a vida dos seus leitores.

Resta-me, mais uma vez,
a difícil tarefa de repassar este selo a 7 blogues considerados

merecedores de receber este prémio",
devendo eles proceder de igual modo.

E os vencedores são...

VOU FAZER UM SUSPENSE VOU PUBLICAR NO SÁBADO!







.

premio selo dorado



Recebi o Premio SELO DORADO DE JOÃO CARLOS FREITAS ,
significadO:
O SELO TEM UM SIGNIFICADO:

Neste selo:
A cor azul representa paz,profundidade e imensidão
A cor dourada a sabedoria,riqueza e claridade das idéias
O prêmio em si representa a união entre os blogueiros"
E como não podia deixar de ser... As regrinhas:
"Colocar o prêmio em situação visível ou linká-lo.
Anunciar através de um link o blog que o premiou
e premiar até outros 15 blogs,
avisando os blogueiros sobre a premiação"
Então vou escolher:

http://poetizar-poetizar.blogspot.com/

http://antmoreiradasilva.blogspot.com/

http://ajornalar.blogspot.com/

http://www.dadudi.blogspot.com/
http://otelicesoares.blogspot.com/
http://contro-verso.blogspot.com/

Abraço e a admiração
Carmen

COMO POSTAR O PREMIO REGRINHAS QUE AUXILIAM:
SALVE A IMAGEM E O TEXTO , DEPOIS VÁ EM ADICIONAR GADGGETS , FOTOGRAFIA...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

UM DIA O DIA SONHOU SER NOITE


UM DIA O DIA SONHOU SER NOITE
UM DIA O DIA SONHOU SER NOITE
Carmen Lúcia Fossari



A NOITE, SEGUROU A BARRA DA SAIA
DA MANHÃ MULHER
QUE DEBRUÇADA AO MURO
LAMENTAVA SUA SINA
PRA VIZINHA.

ELA MESMA EM OUTRA SENDO
DAS FAINAS DIÁRIAS CASA ADENTRO.
QUIZERA NO SONHO BREVE DE UMA NOITE
SER A OUTRA, ELA MESMA SEM AGRURAS.
DIA A DIA, O DIA O MESMO DIA.

NA NOITE, DEBRUÇADA, SOBRE O MURO,
ESPIOU A NOITE. FORA DO SEU QUINTAL.
ELA VIU A NOITE EM PIRILAMPOS E ESTRELAS .
PROMETEU AO DESEJO AFLORADO
QUERER SER NOITE E DIA, NA AMPLIDÃO.

SAIR A CAMINHAR NA NOITE ÍNGRIME
ERA TUDO QUE O DIA PRETENDIA.
ATÉ HOJE SE ENCONTRA SENDO ELA
A OUTRA A REPETIR EM NOITE SENDO
MESMO SABENDO NÃO A SER..
O DIA QUE EM PERTENÇA DE NASCENÇA
E CADA DIA AMANHECE
EM SENDO CLARO.
A FAINA DO DIA A DIA É TÃO DIFÍCIL!

MAS A NOITE EM ENCANTOS SE FASCINA
A VIDA ,O SONHO DE AMOR ADORMECIDO
NA LUA DE TONS E SOMBRAS EM VOLTEIOS
NO ABRAÇAR DAS ESTRELAS EM CADENCIA
NO QUE OS MISTÉRIOS PODEM REVELAR
VELANDO SONHOS.
NA BEIRA DA SAIA DA MANHÃ
ONDE O SONHO UM DIA AMANHECE
ESPIANDO A NOITE EM PASSOS TÍMIDOS
AFASTAR-SE ANTE SEU DIA QUE AMANHECE.