quinta-feira, 5 de março de 2009

Exílio II





Exílio II

Carmen L.Fossari

DENTRO DA NOITE PARTIU O ESPELHO
IMAGENS RASGADAS
AOS ESTILHAÇOS
VOARAM NA LUZ
QUE ENLEOU AS HORAS
AO NOVELO DA AURORA
QUE TECEMOS
ONTEM.
AO TEAR DAS AGUAS
EM TORMENTAS
ONDE SUBMERGIMOS
RODAM OS LIQUIDOS
CRISTAIS DO PRANTO
ESTANCADO AO SORRISO
PARA EMERGIR
DE STE EXÍLIO
ONDE SOU APENAS SOMBRAS
RECORTADAS EM MUITAS
DE PEDAÇOS QUE A IMAGEM
AQUEBRANTOU.
JUSTAPOR AOS FRAGEMENTOS
BÚSSOLA, EVOCO-A!
AO MAR QUE DE REGRESSO
EU ME ENCONTRE,
AO PÁIS ONDE
ME HABITO SEM FRONTEIRAS
NEM TEMPESTADES
APENAS A BORDAR
AS ESTRELAS DA NOITE
BELA QUE ANTECEDE
O AMANHECER.

Nenhum comentário: