domingo, 1 de junho de 2008

a rosa louca



A rosa louca

carmen l. fossari

a rosa louca de pétalas em saias,
despiu a noite, desceu os espinhos
sangrou a madrugada e se fez dançar ,
aos ares o perfume inebriou o epaço
e se fez em tantas na mais profunda primavera
dançarina , pedaço do arco íris,
que não colhemos,
caule de estrelas orbitando aos pés,
estrelar ruelas, o roseiral é bailador.

Nenhum comentário: