terça-feira, 25 de março de 2008

Comédia Dell Arte

Comédia Dell Arte

carmen l. fossari

Retalhei as mascaras dos seres
Que voam em representar
O que tu crês seres,
O que gostarias de ser,
embora ao teu íntimo sois
feliz em assim o seres,
O que tentas desesperadamente ser,
Embora na mais tranqula
Superfície de todas as águas
És como sois
Entrando aos veios do sol e
Mergulhando em escuridões,
como todos os seres humanos,
Apenas que representas
todos sonhos de não seres tu mesmo
num teatro de ego e piedade
Por ti que o fiz
das máscaras rompidas
Que talvez possa reconstituir
Na breve nova
Comédia da Vida
onde também sou Personagem

Nenhum comentário: