quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

( टी) एउ ALBÚM


T(EU) ALBÚM

carmen d.aranda fossari
ME FIZ RETRÁTIL
RETALHO DO MOMENTO
QUE NÃO COSTUREI
DE ALCANÇAR PRESENCIAR
E UNTADA DE CORES
REVELADAS ADENTREI
NO MÁGICO MUNDO DOS RETRATOS
ALÍ VI SOMBRAS DE UM PALCO
QUE DESEJEI VER
DA PLATÉIA UNIDA
EM ENCANTAMENTO
AS FOTOGRAFIAS
REVELADAS
ALGUMAS, NOS REVELAM
REFRATAIS SERES
QUE SOMOS AOS PEDAÇOS.

3 comentários:

joão m. jacinto & poemas disse...

Eu entendi-o como um poema logo que o li!
E tem poesia, história e emoção!...

Belo!

bj

jj

carmen fossari disse...

João
teu olhar de Poeta, amplia o que vejo, mesmo em reproduções fotográficas. E foi assim que acompanhei tua jornada no evento de Simone de Oliveira , no CINQUENTENÁRIO DE VIDA ARTÍSTICA,a visceralidade de Simone, trazida por tuas mãos retratais (neologismo?), retratam o mosaico de tantas partículas dos seres que sempre tento completar-me..inutilmente em totalidade que me é fugidia,destes fragmentos... recolhes como dadiva ,que me toca,
este filete que escorre em palavras...obrigada Menino do Montijo

bj
carmen

joão m. jacinto & poemas disse...

Tudo é poesia
quando a alma dita...

bj,

jj